Guia definitivo: passo a passo para incluir brinquedos eróticos na sua relação

Tempo de leitura: 3 minutos

foto 6

Entre muitas das dúvidas que recebemos, uma muito comum são as mulheres que buscam dicas de qual é a melhor forma de apresentar ao parceiro o desejo de incorporar brinquedos eróticos na relação. A princípio, para os homens, pode parecer que esses produtos sejam apenas para o prazer feminino. Já as mulheres que os possuem e usam como ferramentas para oferecer satisfação, raramente falam sobre isso.

Para dificultar ainda mais, é difícil encontrar boas fontes de informação sobre o assunto. Nosso objetivo é ajudá-las a vencer essa barreira com as dicas abaixo:

1. O Diálogo

Em um relacionamento com confiança, não se deve ter medo ou vergonha de abrir o jogo. Por isso, o primeiro passo deve ser iniciar com seu parceiro uma conversa sobre o assunto e sentir como ele receberá esse seu interesse. É importante dizer que o desejo não significa que o relacionamento está ruim, pelo contrário, você sente vontade de apimentar a relação, é um complemento, o objeto não vai substituí-lo!

2. O Prazer

Importante lembrar que homens e mulheres tem desejos, necessidades e prazeres diferentes. Poder dividir com seu parceiro suas vontades e incentivá-lo a falar sobre as dele é essencial para manter o equilíbrio. Afinal, o objetivo principal de incluir esses produtos na relação é aumentar o prazer entre o casal, além de fugir da rotina, não é mesmo?

3. O teste

Lembre-se: é fundamental que cada pessoa conheça sua própria sexualidade em relação à libido, ao orgasmo e como funciona o estímulo em seu corpo para sentir prazer. Uma etapa que pode ajudar a dar mais segurança para as mulheres é testar o brinquedo erótico sozinha antes de apresentar para o parceiro, você já saberá se dá prazer e depois pode compartilhar com seu parceiro como funciona em você e incentivá-lo a participar desse momento também.

4. O Começo

Que tal começar devagar e de forma mais sutil? Você pode surpreender seu parceiro apresentando jogos eróticos como strip poker, dados, langeries e fantasias sensuais. Se ele aceitar bem esse primeiro contato, você pode sugerir novas situações como máscaras, algemas e acessórios que possibilitam maior prazer. Com criatividade você e seu parceiro podem ter a diversão mais sensual de todos os tempos! Use esse argumento, tenho certeza que ele vai gostar.

5. O próximo passo

É comum que alguns homens sintam medo de incluir objetos na vida sexual, por isso convidá-lo para participar da escolha do brinquedo é importante para que ele entre na brincadeira também.

O ideal é buscar acessórios que possam ser usado para o prazer dos dois e que sejam mais discretos como: vibradores líquidos, óleos de massagem, lubrificantes íntimos e doces afrodisíacos. Juntos vocês podem decidir quando estão prontos para evoluírem nos brinquedos. Por exemplo, os anéis penianos com pequenos vibradores estimulam o clitóris e até podem ajudar a manter a ereção masculina. Dica valiosa: mostre para ele o masturbador masculino, além do prazer, pode quebrar o preconceito e fazer com ele tenha mais interesse pelo uso de brinquedos na relação. Vocês terão noites inesquecíveis!

6. Por fim

Prepare uma noite especial para esse dia, acenda uma vela, ponha uma lingerie bonita, e espalhe pétalas na cama, que tal? Quando vocês tiverem descontraídos, é a hora de apresentar o brinquedo, afinal os homens querem ver suas parceiras terem prazer, não deixe que sua insegurança seja maior que sua vontade, muitas mulheres acabam se boicotando.

Vale aqui uma recomendação, cuidado apenas para que o objeto não substitua a relação a dois, ele deve ser um complemento para estimular as fantasias, aumentar o prazer sexual e acrescentar uma pitada de imaginação à relação!

banner

  • Maria Euda

    Muito boa essas informação e de fundamental importancia para mim. Parabéns