Como maximizar seu prazer

Tempo de leitura: 3 minutos

foto 5

Existe uma variedade muito grande de coisas que podem maximizar o seu prazer. E a maneira mais eficaz de fazer isso é através do autoconhecimento. Você só saberá sobre suas zonas erógenas, fantasias e preferências quando experimentar. O segredo é não ter medo de testar.

1. Exercícios para fortalecer a musculatura genital podem fazer maravilhas! A técnica mais famosa é o Pompoarismo. Ele aumenta a sensibilidade genital, o nível de excitação e controle, além de trazer benefícios para saúde: como o controle da incontinência urinária e das cólicas. Você pode saber tudo sobre ele no nosso eBook. É bem simples de começar: Para encontrar o músculo a ser trabalhado, basta interromper o jato de urina e segurá-lo por alguns segundos.

2. Masturbe-se: prática leva a perfeição. E só assim que você entenderá melhor o que te leva ao prazer. O orgasmo feminino é sofisticado, podendo ser alcançado pelo estímulo de várias zonas erógenas. As duas principais são o Ponto G e o clitóris, mas existem muitas outras a serem exploradas. E não há receita pronta: talvez você só chegue ao orgasmo com o clitóris, talvez só pelo ponto G, ou então pela combinação dos dois. Esqueça o tabu e explore-se. Use óleos, chuveirinho, vibradores, etc. Como já mencionamos: autoconhecimento é prazer.

3. Pesquise sobre o assunto e ache o que te faz vibrar: Filmes pornográficos, contos eróticos, tudo o que estimula a imaginação. Entender suas fantasias é essencial.

Algumas dicas para o sexo a dois:

4. Sexo tântrico: O tantra é uma filosofia que propõe uma relação transcendental entre o casal, fazer sexo com a alma. A técnica inventada na Índia, mas aperfeiçoada na Tailândia pode trazer orgasmos de duas horas e prevê experiências mais intensas que o próprio orgasmo. Vale a pena conferir alguns princípios e práticas tântricas.

5. Explore posições sexuais: Algumas são conhecidas por estimular o Ponto G ou o clitóris. A mulher em cima, por exemplo, costuma ser propício para o orgasmo por estimular a fricção e deixar que ela controle o posicionamento, profundidade e ritmo da penetração.

6. Fale abertamente das suas preferências, isso criará intimidade e permitirá que seu parceiro participe desse processo. Além de criar cumplicidade, ele colocará em prática tudo que você descobrir que te trás mais prazer. Prazer não combina com preconceitos, falta de comunicação e sintonia. Se você sente dificuldades em fazer isso na sua relação, aqui estão algumas dicas no eBook Como falar sobre seus desejos com o parceiro.

7. Preliminares são essenciais, pois o orgasmo feminino possui uma forte influência psicológica. Não adianta apenas estímulos físicos se a mulher não está envolvida no sexo, sentindo-se desejada e valorizada. Além disso, fisiologicamente as mulheres demoram mais tempo e precisam de mais paciência para atingir o clímax se comparadas com os homens. Por isso, antes da performance, é preciso deixar o tesão ir crescendo na velocidade que você precisar. Não se apresse.

Não ligue para medos ou tabus. Pesquise, explore, experimente e pratique muito. Essa é a melhor receita.

banner